Fala-se sobre: Editorial – “O Romantismo não está morto”

8 comentários
Uma das matérias que eu tenho na faculdade de jornalismo se chama Inovação e Criatividade, é a minha matéria preferida, porque é quando colocamos a “mão na massa” e podemos explorar mais o que queremos de nossas vidas.

O meu professor passou um trabalho que se resume em: “Faça o que você quer fazer”, mas não de uma maneira tosca, é você ter a liberdade de criar um projeto de algo que você goste, como: Um livro, uma peça de teatro etc. Eu queria fazer algo voltado para o que eu mais amo no mundo, a moda.


Para isso juntei minhas 3 paixões: O punk, o romantismo e a indumentária. O que resultou nesse editorial lindo (fui eu que fiz e aí de quem dizer algo abaixo de lindo) 










Cada detalhe, tudo na montagem do editorial e da roupa foi pensado de acordo com a historicidade dos fatos, desde o nome do projeto até o lugar que foi fotografado. O nome “O Romantismo não está morto” faz relação direta ao álbum da banda punk escocesa The Exploited que tinha um álbum chamado “Punk’s Not Dead”. Já a “crinolina” foi uma peça muito importante no século XIX criada por Eugenia de Montijo, esposa de Napoleão II.

Resumi um pouco sobre o porquê da roupa porque se for deixar eu fico o dia inteiro falando sobre a história do movimento punk e do século XIX e acho que vocês não vão gostar muito não haha.

Modelo: Domenick Candal

Fotografia: Raissa Galvão (no caso eu)

O que acharam do resultado ? 

Fala-se sobre: Look do dia

8 comentários
O look do dia de hoje é absurdamente antigo, mas resolvi postar porque encontrei as fotos aqui pelo computador e vocês nunca me viram dessa maneira. Eu estava super simples e normal nesse dia 0.o


Nem parecia eu, mesmo com o cabelo colorido. Achei tão engraçado me ver dessa forma não tão usual que resolvi mostrar para vocês o que, às vezes, eu sou (mas bem às vezes mesmo).




Fiquei muito menininha direita, não?

Estava usando:

Vestido: Cenário R$76,90

Sapatilha: Patrícia Moraes R$20,00

Como eu fico quando me visto que nem uma pessoa normal?

Prefiro mil vezes quando saio estranha mesmo haha`

Ah! Não esqueçam que esta tendo sorteio de camisetas por causa do aniversário do blog. Para participarem é só clicar aqui <3

Fala-se sobre: Street Style

4 comentários
Que eu ando enrolada com o tempo, isso todo mundo já sabe, agora para piorar (ou melhorar) a casa esta em obra. Obvio que eu estou amando, mas hoje era para eu postar Street do Vogue Fashion`s night out, mas as fotos estão no outro computador e tem tanta coisa em cima e não tem condições de pegar agora, ou seja, o street de hoje não é do evento, mas juro que logo logo postarei.


Tem poucos looks hoje porque estou tentando não postar 500 de uma vez só, então vamos ver e me digam qual vocês mais gostaram <3



 Adorei o cabelo dessa gringa que encontrei na Lapa <3

Eu me apaixonei pelo segundo e quando fotografei fiquei perguntando para a menina aonde ela encontrou aquele sapato aqui no Brasil e ela me disse que foi em um brechó :c poxinha, o ruim é saber que não terei um igual.

E você, qual gostou mais?

Fala-se sobre: Look do dia

11 comentários
Demorei bastante, mas finalmente estou postando o look que eu usei no Bazar Noir, se você não esta entendo do que eu estou falando é só clicar aqui.

Sou completamente apaixonada por cada peça que eu usei no visu pin up, mesmo a roupa marcando minha pança linda e maravilhosa haha.


As fotografias foram tiradas pelo Franz Wasielewski e pelo Jota Zeferino




Essa bolsinha eu ganhei por causa da minha roupa característica <3



Fiquei muito feliz por ter ganho o concurso de pin up e logo logo farei o ensaio fotográfico <3

Morri de rir com minha cara de “tentando ser femme fatale” HAHAHA

Estava vestindo:

Saia: Minha sogra que fez

Espartilho: Ponto Corpo R$180,00

Scarpin:  Marisa R$154,00
O que acharam do look?

Ah! Não esqueçam que esta rolando um sorteio mega legal no blog. Para participar é só clicar aqui <3

Fala-se sobre: Brechó Santíssima Trindade

3 comentários
Fazia tempo que eu não postava sobre brechó, não é? Porém conheci um novo e adorei o clima dele e o das pessoas, por isso resolvi contar um pouco mais sobre o Brechó da Igreja anglicana Santíssima Trindade.

Eu faço faculdade de jornalismo na FACHA e bem pertinho de lá tem essa igreja e um certo dia indo cedo para a faculdade vi que estava aberta e resolvi entrar para conhecer e fui super bem recebida pela Marli, Gisele e Eliane.

O brechó é bem pequenininho, mas ele tem uma função incrível, que é arrecadar dinheiro para a reforma da igreja – parem de entortar o nariz -  A paróquia deles não era reformada a 104 anos e eles tem vários projetos que ajudam os moradores de rua, por exemplo, todo domingo eles dão alimentação, quando não tem como fazer um almoço eles tentam dar um sanduíche. Incrível a atitude deles não? 


Eles estão querendo reformar a Igreja porque lá não tem acessibilidade nenhuma para deficientes e também querem criar um ambulatório para ajudar ainda mais os sem teto.

Eles são tão focados em ajudar aqueles que não tem recursos que, se chegar qualquer pessoa no brechó que viva na rua eles doam a roupa sem problema algum. Eu não sou muito ligada a religião, mas as atitudes que eles tem me deixaram até com vergonha e com vontade de fazer mais por aqueles que precisam.

Como eu e muita gente não tem tempo para ajudar toda semana vocês podem doar roupas para o bazar e dinheiro para a obra. É só vocês falarem com a Marli Prado, Gisele Pimentel, Eliane Ribeiro e na parte da manha com a Cláudia e com o Rafael.

Ps: O brechó esta parecendo muito pequeno porque eu cheguei lá quando elas estavam guardando as coisas já.

As roupas tem uma base de 3 reais, mas se levar mais de uma peça tem desconto.

Horário de funcionamento: Toda 4ª feira de 9 às 17 horas
Endereço: Rua Carolina Méier, 61 – Méier.

Eu não podia sair de lá sem comprar nada não é, então comprei uma blusinha e duas bandanas e elas foram tão legais que me deram um porta absorvente para por na bolsa e é de caveirinha <3 Olhem!

Ao todo gastei SÓ 5 reais. Uma pechincha né? Gosto de brechós por isso, além de você encontrar coisas diferentes, você paga pouco e ainda ajuda as pessoas.

Para mais informações sobre a Igreja é só acessar: www.trindademeier.org

Alguém já foi nesse brechó? O que acharam? 
 

Ray Neon Copyright © 2013 Programação por Mayara Sousa